Visitantes no Ceará, Brasil e Mundo Afora

RENAN CALHEIROS E EDUARDO CUNHA ESTÃO NA LISTA DE POLÍTICOS DA LAVA-JATO

O deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara, e senador Renan Calheiros, presidente do Senado, ambos do PMDB foram informados nesta terça-feira (3) que estarão na lista que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai enviar ao Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o jornal O Globo, a informação foi confirmada por assessores do Planalto.

Desde a semana passada, Renan Calheiros começou a dar sinais de irritação com o governo. Na segunda-feira, por exemplo, o presidente do Senado não participou do jantar oferecido pela presidente Dilma Rousseff à cúpula do PMDB.

O promotor Janot deve enviar ainda nesta terça-feira ao STF os pedidos de abertura de inquérito relacionados às autoridades supostamente beneficiárias dos desvios de dinehiro da Petrobras. Ele também deve pedir para o relator dos casos, ministro Teori Zavascki, derrubar o sigilo das investigações, tornando público todo o conteúdo dos inquéritos.

Teori Zavascki pretende divulgar os nomes dos investigados de uma vez só e não um a um, em conta-gotas, conforme for se inteirando de cada acusação.
Informações DN

À MERCE DOS BANDIDOS E ASSALTANTES

A violência continua fazendo suas vítimas em Massapê. A população continua ansiosa, e esperando as medidas de combate à criminalidade das nossas autoridades de segurança. Quem transita pelas ruas de nossa cidade não tem dificuldade de se deparar com assaltantes que agem à luz do dia em vários pontos e cruzamentos.  As pessoas estão evitando sair de casa à noite, com medo dos bandidos que agem livremente. É preciso uma ação imediata. O povo não suporta mais conviver com essa loucura em que se transformou Massapê.

Ontem, por exemplo, dois adolescentes tiveram seus celulares extraídos por dois meliantes armados de revólveres, por volta das 20h30, de fronte à Praça Dermeval Carneiro, em pleno centro. Um deles procurou este blogueiro para fazer o relato. No momento do roubo, acionaram a polícia. De fato, os policiais deram apoio às vítimas. Depois, saíram em busca dos ladrões, mas ainda não conseguiram recuperar os objetos furtados.

Os cidadãos desarmados. Os bandidos armados. Eu, por exemplo, ainda sofro muito pelo roubo que fizeram ao nosso estabelecimento comercial. Levaram quase 50 mil, que não eram meus. Eram do Caixa Aqui e Bradesco Express. Recuperados menos de 9 mil. Existem causas e consequências, mas não existem soluções. Ameaças de assalto e revólveres apontados para as cabeças das vítimas. É aqui, em Sobral, e em toda parte. Ninguém tem mais sossego. Só Deus pra nos livrar. Amém!

NA ASSEMBLEIA, DEPUTADOS NOVATOS SÃO OS MAIS ASSÍDUOS: ENTRE ELES, MOISÉS BRAZ

Nas primeiras semanas da nova Legislatura, alguns deputados estaduais têm demonstrado interesse em participar dos debates propostos na Casa e, pelo menos nesse primeiro momento, as sessões estão movimentadas e com muitas discussões. No entanto, com o passar dos meses, o que se demonstra é um Poder Legislativo apático e com pouca participação, como na última Legislatura.

Como o ano de 2016 será de eleições e alguns deputados já vislumbram a possibilidade de serem candidatos a prefeito, a tendência é que as plenárias fiquem esvaziadas ou que haja a "municipalização dos debates".

Dos 23 nomes que renovaram a Legislatura, alguns têm demonstrado interesse em participar dos trabalhos da Casa e estão comparecendo às sessões com assiduidade. Carlos Matos, Tomaz Holanda, Renato Roseno, Moisés Braz, Elmano Freitas, Carlos Filipe, Silvana Oliveira, Audic Mota, Zé Ailton Brasil e Capitão Wagner são alguns nomes que se destacaram nas primeiras semanas do ano.

O interesse de deputados da atual Legislatura em participar dos debates, especialmente novatos, assemelha-se ao que ocorreu no início dos trabalhos da Legislatura passada, em 2011. No dia 3 de fevereiro daquele ano, só Leonardo Pinheiro, Eliane Novais, Carlomano Marques, Rogério Aguiar e Sineval Roque faltaram à primeira sessão.
Colaboração DN

BLOG ANUNCIA RESULTADO DA ENQUETE

Leitores e internautas participaram de uma enquete realizada pelo blog Massapê Indo e Voltando, iniciada em 21 de fevereiro e concluída neste 02 (dois) de março, às 6h. A pergunta foi a seguinte: COMO ACONTECEU EM VÁRIOS MUNICÍPIOS DO CEARÁ, VOCÊ ACHOU CORRETA A DECISÃO DO PREFEITO ANTONIO JOSÉ NÃO REALIZAR O CARNAVAL EM MASSAPÊ?

De acordo com os participantes e votantes 92,11 (70 votos), disseram que o prefeito acertou em não realizar o Carnaval 2015; enquanto 7,89 (06 votos) entenderam que Antonio José Albuquerque deveria ter realizado a festa momina.

O blog agradece a todos que participaram da nossa sondagem de opinião pública. O resultado reflete que, tendo em vista à escassez de calamidade pública em vários municípios cearenses, a maioria esmagadora entendeu que o prefeito, além de obedecer uma determinação do TCM, agiu correto.

ENTRE FORQUILHA E SOBRAL, COLISÃO DE CAMINHÃO COM AMBULÂNCIA TIRA A VIDA QUATRO PESSOAS

Quatro pessoas morreram em uma colisão frontal entre um caminhão de carga e uma ambulância na BR-222, no município de Forquilha, no início da tarde deste sábado (28). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF-CE), o acidente ocorreu por volta das 13h30 no quilômetro 213 da rodovia federal, entre os municípios de Sobral e Forquilha. 

A PRF ainda não sabe determinar as causas do acidente e na pista não há  marcas de frenagem. Na hora da colisão chovia muito no local. As quatro vítimas fatais estavam na ambulância que pertence ao município de Santa Quitéria.

O motorista do caminhão sofreu apenas ferimentos leves e foi liberado. Uma pessoa ficou ferida e foi encaminhada para a Santa Casa de Sobral. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML), de Sobral.  A PRF ainda não tem informações sobre a identificação das pessoas envolvidas no acidente.
 Fonte: G1

RETRATO FALADO – LALÁ DO CARTÓRIO

FRANCISCO EVILÁSIO ARAÚJO CARVALHO (foto), apelidado pela vã filosofia popular de “Lalá do Cartório”, nasceu em Massapê aos 12 de dezembro de 1944. O caçula de família tradicionalmente constituída de intelectuais, deixou duas irmãs setuagenárias: Dúnia e Maria de Jesus Carvalho, que exerceram, respectivamente, as profissões de professora pedagógica e de musica (acordeão e órgão); e na flor da idade, foram ativas voluntárias da igreja católica. Lalá do Cartório trabalhou por cinco anos na Coletoria Estadual (Fazenda Pública) e, em seguida, ingressou no setor cartorial, exercendo a posição de notário público – tabelião do Cartório do 1º Ofício de Massapê, por 45 longos anos, com zelo e dedicação exclusiva, daí a justificada alcunha. No início da década de 1960 dedicou-se à performance do próprio corpo e formou um trio de alterofilistas, juntamente com os amigos de tenra infância, Kleber Pereira e Antonio Pinto – O Tarzan de Massapê. Seu hobby era colecionar obras de arte, desde a arqueológica (machadinhas rupestres feitas de pedra) à contemporânea. Além de pesquisador, documentarista e historiador, foi escritor, com livros não publicados, bem como, uma esplêndida obra inacabada (em dois volumes), que trata da genealogia das tradicionais famílias massapeenses, intitulada “A Família Massapeense – Árvores Genealógicas”. Contido, ele não demonstrava ser o que realmente era. Deixou prole com 16 filhos bem sucedidos nas mais diversas áreas, frutos de dois matrimônios conjugais (Lourdinha  e Toinha). Sâmia, filha do segundo laço conjugal assume com igual competência, a herança cívica paterna. Junte-se a tudo isso, seu primeiro casamento foi constituído de família também tradicional, com nobres intelectuais sobressaltados nas artes, na cultura, na política, no comércio, na literatura, na justiça, na radiofonia, na medicina, na segurança, na educação, na dramaturgia, no teatro e na TV. No exercício da nobilíssima profissão, que abraçou com afinco e determinação, fatigado de registrar um sem número de nomes comuns bíblicos das pessoas civis naturais, exemplos: José, Pedro, João, Raimundo, etc., Lalá, numa extraordinária inversão da ordem natural das coisas, não hesitou em homenagear filhos com nomes incomuns, tais como: Salvandy, Tremal Nik, Sayonara e Brend Loma. Acometido pela vez segunda de acidente vascular cerebral, Lalá do Cartório faleceu aos setenta anos, dia 22 de fevereiro de 2015. Nossa centenária e histórica cidade, sem sombra de dúvidas perde um dos ícones representativos da sua identidade cultural material, portanto, restando mais pobre. Sua última lembrança que carrego, foi em visita informal juntamente com outro expoente da nossa cultura regional, o amigo em comum Chico da Santa, há aproximadamente um mês, ocasião que Lalá declamou impressionante poema lírico e trágico, do poeta massapeense Chico Frederico (falecido no embrião da década de 1970), que tratava, por ironia do destino, da morte. Da morte bandida, da amiga morte; da morte maldita, da bendita morte. Fiquei de retornar brevemente para registrar em vídeo, mas infelizmente, a morte não dá trégua. Além de pai dedicado e extremoso, vivendo para sua atual esposa, filhos e netos, a quem legou os mais nobres sentimentos de honradez e amor ao trabalho, a família, amigos e o povo massapeense rendem-lhe homenagens sincera e espontânea por ocasião da celebração de missa do 7º dia do seu passamento eterno, na igreja matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, dia 28 de fevereiro de 2015.

Ferreirinha é historiador e presidente da Associação de Desenvolvimento Cultural de Massapê Expedito Galinha D’água – nome fantasia Chitão dos Pobres de Massapê – fundação de fato em julho de 1948, e de direito em 20/10/2010, sob o CNPJ n. 21.833.573/0001-85.

GOVERNO INICIA OFENSIVA PARA REAPROXIMAÇÃO COM O PMDB

Numa ofensiva para tentar evitar derrotas em votação de interesses do Palácio do Planalto no Congresso, integrantes da equipe ministerial e lideranças da base aliada iniciaram nesta segunda-feira, 23, uma série de reuniões para "acertar o jogo" no campo político.

O principal foco é a aproximação com integrantes da cúpula do PMDB, partido que detém a segunda maior bancada na Câmara e a maior do Senado. O clima entre o Palácio e o principal aliado anda tenso desde o início de fevereiro, quando foram retomadas as atividades no Legislativo.

Nesta manhã, um primeiro encontro foi realizado entre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o líder do governo, José Guimarães (PT-CE). 

"A reunião foi para dar continuidade no diálogo que iniciei desde a eleição dele. Discutimos o rito das duas medidas provisórias. Vamos discutir o melhor caminho para a composição das comissões dessas matérias", afirmou Guimarães ao se referir sobre as duas propostas que tratam do pacote fiscal enviado pelo Executivo ao Congresso. Em razão da implantação de um sistema de rodízio, a tendência é que o PT e o PMDB se revezem na presidência e na relatoria das comissões mistas destinadas a discutir as duas MPs.

Segundo Guimarães, também foi tratada na reunião a divisão dos principais cargos da nova CPI da Petrobrás, que deve ser instalada nesta quinta-feira. "Discutimos uma divisão paritária da mesa com o presidente do PMDB, o vice do PSDB, e a relatoria PT. Quem vai ser indicado ainda estamos vendo", afirmou o petista.

Após o encontro com Cunha, uma nova reunião foi realizada desta vez com a presença do ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Pepe Vargas, do líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ), e Guimarães.

Na ocasião, Pepe Vargas informou aos dois líderes que o governo conseguiu um acordo com o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), para adiar a votação do veto da presidente Dilma Rousseff à proposta de reajuste de 6,5% da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) para 2015. Nesta segunda, o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou que o assunto não será levado ao plenário na terça.

Uma nova rodada de encontros com integrantes da cúpula do PMDB está prevista para esta noite. No final da tarde, Guimarães deve se reunir com o vice-presidente da República e presidente nacional da legenda, Michel Temer. À noite, as lideranças do PMDB se reúnem com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, para discutir a votação das medidas de ajuste fiscal propostas pelo governo.
Msn notícias

21 NO HOSPITAL

No início da década de 1980, Massapê ainda vivia intensamente momentos de glória por ocasião das duas tradicionais manifestações culturais populares: carnaval e chitão de salão. Naquela época o índice de criminalidade em nossa cidade era praticamente zero. No período carnavalesco os foliões se divertiam pelas principais ruas, sem lenço e sem documento e com muito samba no pé, quando não, na espaçosa carroceria do caminhão FNM verde, da tradicional família Machado, que percorria as vias públicas de Massapê lotado de fanfarrões. Os blocos Black Raios, Os Vagalumes, Frenéticos e Os Alegres, eram os protagonistas de um carnaval da paz, que transcorria na mais perfeita harmonia. “Vinte e Um” era o apelido emprestado pela vã filosofia popular ao José dos Santos, que nasceu com uma pequena deformação genética (um dedinho a mais em uma das mãos), daí a justificada alcunha. Ele se divertia pra valer no bairro Rodagem, notadamente no badalado cabaré do Ernesto “Melado” (antigo cabaré da Isaura) e, eufórico, se envolveu em uma pequena confusão com um folião que também havia excedido na ingestão de álcool. De primeiro, ou seja, no nosso tempo, não usávamos drogas, a não serem algumas doses de cachaça serrana e muita cerveja. Maconha só se via nos noticiários policiais da TV preto em branco da marca Canarinho (é o novo!), que decorava os lares de alguns privilegiados. Rogério Macumbeiro e Olho de Touro eram que nem carne e unha e, ao presenciarem o fato ocorrido, se dispuseram de uma ficha telefônica e rapidinho telefonaram para a polícia, do orelhão disposto na calçada do bar do policial militar aposentado, Zé Lira. Tenente Pereira que exemplarmente e com punhos de ferro comandava o destacamento da gloriosa Policia Militar na nossa então pacata e pequena Massapê, imediatamente compareceu no local da confusão, acompanhado de dois brutamontes policiais, o suficiente para manter a ordem pública: os soldados Ferreira e Lambisca. O prefeito à época era Nilson Frota (1983-1988), que, sem medir esforços, com muito sacrifício conseguiu junto ao governador do Ceará Gonzaga Mota (1983/1987), pai do atual secretário de governo municipal de Massapê, doutor Mota (gestão A Força do Novo Tempo – 2013/2016), modesta viatura descaracterizada, para diligências dos policiais: um Chevette nas cores branca e azul. Com arma em punho os destemidos policiais foram recebidos pelo amante latino americano das noites em claro – o eterno boêmio massapeense Jaime Lira, que, pra lá de Bagdá, foi interpelado pelo saudoso delegado:

- Jaime o que aconteceu aqui?
- Socorro, doutor!!! Pelo amor de Deus!!! Vinte e Um no hospital!!! – suplicou desesperadamente, o folião Jaime Lira. Ora, diante daquela assertiva clamorosa, imediatamente os guardiões da paz municipal se dirigiram até ao hospital e maternidade Ana Paulino de Aguiar (Praça São Francisco), para fazer as diligências cabíveis e enquadrar os supostos 21 envolvidos naquela sangrenta guerra. O único paramédico de plantão 24 horas (morava defronte ao hospital), era Manoel Campos – ex-vereador e enfermeiro por dedicação, que exercia com maestria as mais variadas especialidades médicas, tais como: anestesista, obstetrícia, ortopedista e cirurgia geral. E, tão logo adentraram ao hospital, os policiais se depararam com o folião José dos Santos inerte ao leito, com um pequeno curativo na fronte, decorrente de uma simples escoriação, suturada com apenas dois pontinhos, acompanhado do médico plantonista. A seguir, transcrição do diálogo vazada nos seguintes termos:
- Manoel Campos eu obtive a informação de que ocorreu uma grande baderna no cabaré do Melado, com 21 pessoas feridas. Onde estão os enfermos meliantes para que eu possa enquadrá-los um a um, nos seus respectivos crimes???
- Tenente, o único paciente que eu atendi essa noite, até o presente momento, foi este rapaz. Os outros vinte, quiçá, em estado grave, foram para a Santa Casa de Sobral – se justificou o saudoso Manoel Campos, que, diga-se de passagem, também prestou relevantes e indispensáveis serviços ao povo massapeense, sem, no entanto, ter recebido quaisquer homenagens do poder público. Isto sim é um verdadeiro crime.
- Pois eu vou tomar as medidas de praxe. Agora mesmo vou inquirir o primeiro que participou dessa briga coletiva. Qual é o seu nome???
- Seu delegado o meu nome é José dos Santos, mas pra todo mundo lá na Rodagem, sou conhecido por Vinte e Um – respondeu o folião visivelmente alcoolizado, levantando a mão e exibindo o 21º dedinho, sem nenhuma hesitação, deixando perplexo o conceituado e experiente delegado de polícia, que é pai do nosso querido amigo Henrique – funcionário da Caixa Econômica Federal, lotado na agência matriz de Sobral.                 
Do livro: As Anedotas do Jaime Lira – autor: Ferreirinha de Massapê.

POLÍCIA CIVIL DO CEARÁ DIVULGA RESULTADO DE CONCURSO

A Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) divulgou, na tarde desta segunda-feira (23), o resultado do concurso da POLÍCIA CIVIL para as vagas de DELEGADO, ESCRIVÃO INSPETOR.

Para verificar o resultado o candidato deve acessar o site da Fundação Vunesp, responsável pelo concurso, e inserir o número de Cadastro de Pessoas Física (CPF) e uma senha do fornecida pelo próprio sítio. 

No total foram oferecidas 724 vagas para ampla concorrência, sendo 48 candidatos disputados uma única vaga. Também fora disponibilizadas 39 vagas para reserva. 

Os salários variam de R$ 2.946,19 (para escrivães e inspetores) a R$ 14.592,39 (delegados). A jornada de trabalho é de 40 horas semanais para as especificadas..
Informações via Aesp/CE

ADEUS, LALÁ!

Em Massapê, centenas de pessoas deram o último adeus ao senhor Francisco Evilásio Araújo Carvalho, conhecido entre amigos e familiares por LALÁ (foto). Depois que foi acometido por dois AVCs, não os resistiu e nos deixou ontem (22).

Ele foi um dos personagens mais queridos, principalmente da terra que o viu nascer e crescer. Viveu a maior parte prestando seus relevantes serviços à população, da sede aos distritos.

Ficou mais conhecido por “Lalá do Cartório”, pois conduzia suas atividades no Cartório de 1º registro, em Massapê, emitindo certidões de nascimento, divórcio, óbito, entre outros.

Faleceu aos 70 anos de idade, deixando uma prole muito grande, entre filhos e filhas, oriunda de dois relacionamentos. Antes de ser sepultado, foi celebrada missa, às 8 horas, na Igreja matriz de Massapê, que tem como padroeira N.S. do Perpétuo do Socorro.

Uma multidão acompanhou na manhã desta segunda-feira (23), até ao Cemitério São José, neste Município.

À família, fica o registro do blog Massapê Indo e Voltando, principalmente neste momento em que a tristeza remove lembranças e eterniza saudades.

Estamos, também, condolentes!
Foto blog Jorge Costa

CHOVEU EM MASSAPÊ QUASE 90 MM


Em boletim divulgado na manhã desta sexta-feira (20), a Funceme anunciou a lista de municípios cearenses, onde mais choveu de ontem para cà. Na relação consta o município de Massapê, nosso querido torrão, atingindo cerca de 85,7 mm, perdendo apenas para a cidade de Paraipaba que chegou à casa dos 99,0 mm.

CORTAR NA PRÓPRIA CARNE PARA NAO FERIR À LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

Neste Carnaval, período em que estive mais em casa, fiz uma simples pesquisa de como se encontram as condições financeiras dos municípios cearenses, inseridos entre os 5.570 existentes no Brasil.

Como nos Estados da nossa Federação, os governadores estão sofrendo para cobrir as despesas com pessoal, custeio administrativos, atraso no recebimento de verbas, aumento de encargos, entre outros, os prefeitos cearenses também estão sendo obrigados a tomar medidas impopulares; contrárias as suas próprias vontades. Mas, se não agirem da forma como deve ser feito, estarão sujeitos à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que impõe regra nas administrações públicas.

Pelo visto, é preciso cortar na própria carne. Senão, os prefeitos poderão ser punidos com maior rigor. Os órgãos fiscalizadores estão aí para disciplinar os gestores que não estiverem cumprindo a lei. Um detalhe na nossa pesquisa: o aumento das receitas das prefeituras previsto para o início do ano, não acompanhou o crescimento das despesas. 

Em Massapê, e em outros municípios do interior do Estado, os recursos financeiros historicamente são limitados. Se o gigante Brasil está em recessão, que dirão os pequeninos municípios cearenses. Desta forma, as comunas sentem os efeitos dessa previsão e amargam uma de suas piores crises financeiras, agravadas pelo aumento da folha de pagamento, reajuste de contratos, atraso de verbas federais, e por aí vai.

Enfim, leitores do blog Massapê Indo e Voltando, os municípios estão sofrendo perda financeira, além da dose da escassez de chuva. Outro agravante, é o fato de o governo federal não ter cumprido com as estimativas iniciais do FPM, previstas na Lei Orçamentária Anual. Apesar de ter anunciado o aumento do FPM, o governo federal ainda continua na inércia.

COMOÇÃO, SENTIMENTO E TRISTEZA NO SEPULTAMENTO DA MÃE DE CID, CIRO E IVO GOMES


Muita emoção marcou o sepultamento e velório de Maria José Santos Ferreira Gomes, a Dona Mazé, mãe do ex-governador e ministro da Educação, Cid Gomes, e do também ex-governador Ciro Gomes.

Em torno de mil pessoas participaram da missa de corpo presente de Dona Mazé na Igreja da Sé, em Sobral (CE). O cortejo fúnebre se deslocou a pé para o cemitério São José no Centro da cidade, a 3km da Igreja. 

Além dos filhos políticos Cid, Ciro, Ivo Gomes, Lúcio e Lia Ferreira Gomes, familiares, amigos e diversos políticos do Estado participaram da missa. Na ocasião, Ciro Gomes fez um discurso agradecendo a presença de todos e o carinho da mãe por Sobral que ressaltou a vontade de ser enterrada no mesmo cemitério do marido José Euclides Ferreira Gomes.

Todos os filhos de Dona Mazé conduziram o caixão até o carro da funerária que foi fechado por Cid e Ciro Gomes. No momento, Ciro Gomes ficou bastante emocionado. 

Estiveram presentes na Igreja de São Francisco a atriz Patrícia Pillar, o governador Camilo Santana; o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; Zezinho Albuquerque, presidente da Assembleia Legislativa; Odorico Monteiro, deputado federal, entre outros. Muitos ex-alunos de Dona Mazé também compareceram à missa.

O velório ocorreu, ontem, na Ethernus em Fortaleza e o cortejo fúnebre terrestre saiu da Capital ao amanhecer desta terça-feira (17) com destino a Sobral.

O governador Camilo Santana decretou luto oficial de três dias no Estado em pesar pela morte de Dona Mazé. De acordo com o decreto, nos dias 17, 18 e 19 de fevereiro , a bandeira do Ceará deverá ser içada a meio mastro.
Informações DN


EM MASSAPÊ, CARNAVAL E CHUVA DÃO O TOM NA SEGUNDA E TERÇA-FEIRA

Desde às primeiras horas de segunda e terça-feira de carnaval foram  de muita alegria e felicidade. Dois dias de céu nublado e boa chuva, principalmente na terça(17). Apesar das previsões da Funceme não serem otimistas, estamos na torcida de que tenhamos um bom inverno. Basta acreditar em Deus!
 
Quando amanhece chovendo é bom demais! Que dia gostoso! Como é bom publicar uma notícia boa aos amigos e leitores do nosso portal de informação, espalhados pelas cidades brasileiras afora, com relação às chuvas em nosso município e precisamente em quase toda Zona Norte estado do Ceará.

“A chuva é uma maravilha
Pois limpa a poluição da cidade
E no campo,  então,
Faz brotar na terra arroz, batata e feijão
Além de tudo isto enche os rios
Que fornecem água à população”.